Como usar canabinóides?

Canabinóides são o nome de qualquer composto orgânico químico que combina receptores canabinoides do corpo e cérebro. Um dos canabinóides mais importantes, que atualmente são de grande interesse na comunidade médica e científica, é o CBD, ou canabidiol. No entanto, para obter o benefício terapêutico máximo do cânhamo, recomenda-se escolher variedades que contenham TANTO CBD quanto THC. Sugerimos como usar canabinóides para alcançar a maior eficácia.

O que está acontecendo com CBD e THC?

CBD e THC são substâncias naturais encontradas no cânhamo na maior concentração, que têm um efeito curativo. Devido ao fato de que cada espécie de cannabis tem uma saturação percentual diferente de compostos ativos, o uso da cannabis medicinal deve ser realizado sob estrita supervisão médica. Os cientistas aprenderam que o melhor efeito terapêutico é alcançado quando CBD e THC correspondem uns aos outros em determinadas proporções. O CBD é um ingrediente obrigatório em todo o cânhamo que, ao contrário do THC, não tem propriedades psicoativas.

Isso significa que não afeta a consciência e, além disso, não causa efeitos colaterais, graças ao qual é usado na terapia de muitas doenças e doenças diferentes. Quanto maior a gama de canabinóides, melhor será o resultado terapêutico? Os melhores efeitos terapêuticos são alcançados usando a maior gama possível de canabinoides, bem como outros compostos ativos, tais como:

  • Terpenos
  • Flavonoides
  • minerais (fósforo, potássio, magnésio, cálcio, sódio, silício, boro, iodo),
  • vitaminas (grupos B, A, C, E e K).

Observou-se que quanto maior a gama de canabinóides, melhor o efeito terapêutico. Cada canabinoide conhecido até agora tem usos únicos, e de acordo com toda a gama é mais aconselhável. No entanto, sabe-se que de todos os canabinóides, o CBD tem o efeito terapêutico mais forte, o que não é sem razão considerado o componente mais importante do cânhamo, devido ao maior uso na medicina. Canabinóides individuais como CBD e THC atuam sinergicamente e, assim, aumentam suas propriedades curativas. O primeiro passo para um tratamento eficaz é encontrar a proporção certa – um dos principais indicadores para determinar a parcela de uma preparação rica em CBD é a sensibilidade do paciente ao THC.

Diretrizes de uso

A quantidade de canabinóides, como muitas outras substâncias, é determinada em miligramas por dia, não como uma porcentagem. Se você quiser encontrar sua porção, vale a pena decidir com antecedência em que forma você quer tomar CBD in – óleo de cânhamo está disponível em gotas, cápsulas e outros alimentos. No início é melhor começar com o uso de uma pequena quantidade, especialmente se você tem pouca experiência com cânhamo. É muito melhor tomá-lo várias vezes em pequenas porções durante o dia em vez de uma grande maior.

Ao tirar os preparativos do CBD, não exagere. Vale lembrar sobre possíveis efeitos colaterais, como tontura, desmaio ou boca seca. Recomenda-se cautela especial para pessoas com problemas com álcool ou drogas, bem como doenças mentais.

konopieizdrowie.pl